sábado, 5 de julho de 2014

#18 - Que time é esse? - Sociedade Esportiva Palmeirinha (Grupo amarelo)

O quarto time do grupo amarelo é semelhante ao da última postagem, homenageia um time grande da Capital, com cores, mascote e escudo semelhantes, mas apesar disso, nunca recebeu apoio sequer dele. Foi fundado no dia 3 de abril de 1955, seu único título foi nas categorias de base no Sub-20 - Terceira Divisão de 1985, e um dos momentos mais marcantes de sua história foi um amistoso contra o Corinthians da Capital na inauguração do Estádio Vila Famosa e venceu o jogo por 1 a 0. O time de hoje é a Sociedade Esportiva Palmeirinha, da cidade de Porto Ferreira/SP (228 km de distância da Capital).

História

O futebol na cidade de Porto Ferreira começou muito antes da fundação do Palmeirinha. Antigamente, as atenções da população local se dividiam entre dois clubes: o Ferroviário e o Porto Ferreira, grandes rivais no início do século XX, que disputavam o torneio do interior de São Paulo. Apesar de populares em sua época, nenhuma das duas equipes chegou ao profissionalismo.

A Sociedade Esportiva Palmeirinha foi fundada em 1955, como uma homenagem de seus fundadores à Sociedade Esportiva Palmeiras. Por isso, o Palmeirinha recebeu de seu “padrinho” da capital, o escudo, as cores e até o mascote. Apesar do clube homenagear o Palmeiras, o clube nunca recebeu apoio sequer do clube da Capital.

Durante seus primeiros 12 anos, o Palmeirinha seguiu a tradição amadora do futebol de Porto Ferreira, disputando competições pelo interior. O profissionalismo só foi instituído em 1967, quando o clube disputou pela primeira vez um campeonato paulista profissional, no caso a Terceira Divisão (atual Segunda Divisão). E equipe disputou esta competição até 1969, quando ela deixou de ser realizada. Com a extinção, o clube licenciou-se da Federação.

O clube ficou os dez anos seguintes longe de profissionalismo, retornando em 1980, na Série Prata da Terceira Divisão, equivalente à quarta divisão. Este retorno marcou o período mais vitorioso do clube. Em 1982, a equipe foi campeão da Série Preta, sendo promovida para a Série Ouro e, em 1983, foi campeã da Terceira Divisão de Juniores.

Mas em 1985, por problemas financeiros, o clube se afastou mais uma vez das competições, desta vez por um período mais curto. O Palmeirinha voltou em 1988, na terceira divisão (Quarta Divisão na época). O time disputaria esta competição até 1990, onde em 1994 ocorreu a primeira grande reestruturação do futebol paulista naquela década. A primeira divisão passou a ter dois módulos e com isso a Terceira Divisão passou a ser o terceiro nível do campeonato e o Palmeirinha foi “promovido”.

No ano seguinte, o clube registrou um dos fatos mais marcantes de sua história. No amistoso para a inauguração da nova iluminação de seu estádio, o Vila Formosa, o Palmeirinha recebeu o Corinthians, que havia sido Campeão Brasileiro em 1990. O clube da capital contava com destaques como o goleiro Ronaldo, o volante Ezequiel e o meia Neto, todos ídolos da torcida alvinegra. O Palmeirinha honrou a rivalidade de seu “padrinho” e venceu a partida por 1 a 0.

Apesar do grande feito, o clube acabaria vivendo, na década de 1990, uma de suas piores fases, alternando períodos atividade e inatividade, voltando sempre nas últimas divisões do Paulistão. No novo milênio, o Palmeirinha disputou a Série B-2 (Quinta divisão) nos anos de 2000, 2001 e 2002. Em 2003, o clube ficou de fora do profissional, retornando em 2004 para disputar a B-2. Com o fim das Séries B-2 e B-3 (quinta e sexta divisão respectivamente), o Palmeirinha "subiu" para a Segunda Divisão (nova nomenclatura da quarta divisão), onde disputou ela em 2005, 2006 e 2007. O clube se licenciou em 2008, mas retornando em 2009 para jogar até 2011. Em 2012, o clube se licenciou novamente, mas voltou em 2013. Agora em 2014, o clube novamente voltou a se licenciar.

Motivo da não-participação

Assim como vários clubes do interior, o Palmeirinha não possui condições de estar ativo no profissional em todas as ocasiões, sendo assim, esse ano eles resolveram se dedicar às atividades nas categorias de base.

Atualidade

O Palmeirinha disputa o sub-15 e 17 da FPF e vinha preparando um elenco para jogar o Sub-20 da 2ª Divisão, até realizou contratações de peças importantes para o elenco como os atacantes José Guedes e Romildo Nunes, que estavam atuando no futebol europeu, porém, o nome do Palmeirinha não consta na lista dos participantes do Sub-20 divulgado pela FPF. Sobre o profissional, é provável que o clube volte ano que vem, até porque, o elenco para o ano que vem já seria testado no campeonato sub-20 desse ano, mas como o clube ficou de fora, só resta segurar o time para o ano que vem ou participar de outros torneios fora da FPF até lá.

0 comentários:

Postar um comentário