sábado, 13 de setembro de 2014

#29 - Que time é esse? - Associação Atlética Saltense


O time de hoje é muito simpático, suas cores são azul, vermelho e branco, jogou quase todas as divisões de acesso do futebol paulista (Exceto a B3, sexta divisão), seu maior rival já foi citado anteriormente no site, seus únicos títulos foram em torneios amadores regionais, no profissional seu melhor desempenho foi o vice-campeonato da Terceira Divisão de 1958. Me refiro à Associação Atlética Saltense, da cidade de Salto/SP (114 km de distância da Capital).


História

A Associação Atlética Saltense, apelidada Gloriosa, foi fundada em 29 de março de 1936, sendo fruto da fusão de três outras agremiações existentes em Salto: Ypiranga Futebol Clube (fundado em 1927), Atlético Clube Corinthians (1928) e São Paulo Futebol Clube (1934). Essas três equipes passavam dificuldades técnicas e financeiras, o que motivou a união de forças. Do Corinthians F.C., por exemplo, a Saltense herdou o campo da Rua Itapiru, que então pertencia ao italiano Hilário Ferrari, sendo adquirido pelo clube apenas em 1951. A primeira diretoria da Saltense era composta por Benedito Silveira, João Baptista Ferrari, Vicente Scivittaro, Luiz Milanez, Emílio Cherighini e Rodolpho Nardelli. A primeira equipe de jogadores são eles: Quenca, Américo, Rei, Aníbal, Nelo Mugnai, Mazetto, Gominho, Joãozinho Garcia, Taragim, Sebastião Fiúza e Silvino Correa de Moraes.

As primeiras conquistas da Saltense se deram em âmbito local e regional, como clube amador, sendo os anos de 1943, 1944, 1945, 1948, 1950 e 1951 particularmente recheados de conquistas. Em 1953 o clube ingressou no profissionalismo, conquistando em 1958 o vice-campeonato da Terceira Divisão da Federação Paulista de Futebol, obtendo a promoção à Segunda Divisão. Nessa primeira fase de 11 anos no futebol profissional, a Saltense esteve por 6 anos na Segunda Divisão e 5 na Terceira. Em 1965 a Gloriosa abandonou o profissionalismo, participando apenas de competições amadoras durante nove anos seguidos. Isso ocorreu em virtude da prioridade dada, em termos administrativos, ao aumento do patrimônio do clube. As piscinas e arquibancadas cobertas são obras dessa época. O retorno ao profissionalismo ocorreu em 1976. Nele, a Saltense permaneceu até 1993, embora licenciada em 1989 e 1991. Em 1994 afastou-se novamente. A última participação do clube foi na Série B (Quarta Divisão), em 2008, após uma parceria com a Uni Sant'Anna, instituição de ensino superior de São Paulo.

Atualidade

Em 2008, em seu retorno ao profissional com a parceria com a Uni Sant'Anna, muitos pensaram que a Gloriosa voltaria pra ficar de vez, porém, a parceria não rendeu bons frutos e ela logo se acabou, com isso, o time ficou licenciado do futebol desde 2009, não participando nem dos campeonatos de base realizados pela FPF. Em 2013, a Saltense foi desfiliada da Federação Paulista de Futebol, fiquei triste ao ver isso, pois ainda botava fé em ver o time em campo pelo menos mais uma vez, mas acho que vai demorar pro seu retorno, ainda mais que seu estádio foi demolido para a construção de prédios. O retorno da Gloriosa são remotas, a não ser que uma empresa resolva patrocinar e investir no clube.

Infelizmente, hoje só sobra lembranças de um passado de histórias:


 
Primeira equipe da Saltense, em 1936

 Equipe da Saltense em 1987

Equipe da Saltense em 1988

Amador da Saltense em 1997

Pantera, o mascote da Saltense em 2008, surgido da parceria com a Uni Sant' Anna

0 comentários:

Postar um comentário