domingo, 12 de outubro de 2014

#33 - Que time é esse? - Associação Atlética Riopardense

(Devido esquecimento acabei não postando a matéria no sábado. Peço desculpas para quem esperou ontem.)

O time de hoje foi fundado no dia 1° de janeiro de 1930, suas cores são vermelho, preto e branco, teve apenas cinco aparições no profissional, sendo quatro delas no final da década de 40 na atual Série A-2 do Paulista, mas quando esteve disputando acabou realizou boas campanhas, mas nunca subiu de divisão. Hoje vamos falar da Associação Atlética Riopardense, da cidade de São José do Rio Pardo/SP (252 km de distância da Capital).


História

A Associação Atlética Riopardense é um clube paulista fundado no dia 1° de janeiro de 1930 na cidade de São José do Rio Pardo, São Paulo.

Em algum momento de 1929, um grupo de atletas amadores da cidade, por falta de um local onde pudessem praticar seu futebol livremente, concebe a ideia de criar um clube na cidade. Para a época, parece curto o espaço de tempo entre uma suposta reunião de pioneiros, na qual decidiram organizar uma nova agremiação que viria a ser a Associação Atlética Riopardense– e o 1º de janeiro de 1930, data oficial da fundação da AAR.

Mais curto ainda, o tempo para que essa semente de entusiasmo deixasse de ser um grande sonho para se transformar no início de uma realidade: em apenas 35 dias de existência.– Em 4 de fevereiro de 1930, o novo clube já comprava uma gleba na Vila Pereira para sua sede e campo de futebol.



Foto antiga da piscina do clube (Site oficial da AAR)
Há quem considere que a rapidez na aquisição do terreno indique que a criação da AAR, na verdade, tenha surgido de um ideal mais antigo, e o entendimento ocorrido no “Tinti” foi uma espécie de “estopim” que detonou o processo já em andamento em muitas cabeças, muitas conversas. Contribui para essa tese o fato de, na diretoria, aparecerem nomes e cargos que parecem escolhidos com reflexão mais prolongada – e que não são citados nas reminiscências de alguns participantes mais antigos da evolução do clube.


Estádio do Riopardense (Site oficial da AAR)
Apenas no futebol, enquanto atividade profissional, as diferenças eram fortes, exacerbadas e constantes. Não raro, criavam contornos indesejáveis. Os times de basquete, voleibol ou tênis, não raras vezes contavam com atletas que treinavam e defendiam ora um clube, ora outro.
Reunião de 19 de outubro de 1947: diretoria aprova por 6 a 3 a formação de um time de futebol profissional para disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão em 1948.



Construção das arquibancadas do estádio (Site oficial da AAR)
E em sua estreia no futebol profissional, o Riopardense disputou a Série Vermelha da Segunda Divisão e conseguiu uma boa campanha: 37 pontos em 26 jogos disputados (Vitória valia 2 pontos na época), conseguindo a 3ª colocação, mas não passou para a fase final devido só avançar o campeão de cada série, que nesse caso, foi seu rival Rio Pardo FC.
Na temporada seguinte, o Riopardense disputou a Série Branca (região mogiana) e voltou a fazer uma boa campanha: 4ª colocação somando ao todo 23 pontos, mas como no campeonato anterior, apenas o campeão de cada série avançava o campeonato. Em 1949, quem avançou foi o Batatais com 31 pontos.

O ano de 1950 ficou marcado como a melhor temporada da história profissional da AAR. Disputando a Quarta Série, o clube foi vice-líder com 29 pontos, os mesmos do líder Radium, mas nesse ano passavam os dois primeiros de cada série para a próxima fase. Sendo assim, o Riopardense conseguiu sua classificação para a próxima fase da Segunda Divisão. Em um grupo com Botafogo de Ribeirão Preto, Comercial da Capital, Linense e EC São Caetano, a AAR não aguentou ir mais longe e acabou na 4ª colocação com oito pontos. Quem avançou nesse grupo foi o Botafogo com 11 pontos, perdendo a final para o Radium.



Jogadores atuando no profissional da AAR (Site oficial da AAR)
Em 1951, o Riopardense disputou a Zona Leste e mais uma vez realizou uma boa campanha: 4° colocado com 27 pontos, mas não foi o suficiente para voltar a passar de fase. Após isso, o clube ficou 31 anos afastado do futebol profissional, apenas voltando para disputar a Terceira Divisão de 1982 (Onde infelizmente não temos registros do clube nessa temporada). Depois disso, a AAR nunca mais voltou ao futebol profissional, resolvendo se dedicar mais às atividades sociais.


Foto atual do clube (Site oficial da AAR)
Atualidade

O Riopardense hoje conta com o maior clube social da cidade de São José do Rio Pardo, Muito frequentado pela população local, abrangendo várias modalidades, entre elas o futebol, basquete, futsal, ginástica, natação, musculação e outros.

Sobre o futebol, eles trabalham com garotos da base entre 5 e 15 anos e de vez em quando disputam torneios amadores na região. Sobre o profissional, eles não descartam um possível retorno, mas para isso é necessário alguém que auxilie o clube para que isso aconteça.



Garotada da base (Site oficial da AAR)

Um comentário:

  1. Obrigado pela matéria amigo nós estamos muito gratos ,
    se puder corrigir é (A Riopardense )Ví que apareceu varias vezes O Riopardense ,

    ResponderExcluir